terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pulseiras do amor



Você já ouviu falar da mais nova besteira trazida do exterior para atazanar o nosso sossego, digo, dos pais? Essa tal de pulseira do amor ou do sexo, como está sendo chamada, já invadiu as escolas e até as pré-escolas! Muitas crianças pequenas estão usando e achando lindo!! É uma simples pulseirinha de silicone, mas que carrega uma enorme conotação sexual. Eu não vou repetir a explicação de tamanha insanidade. Sinceramente, me recuso. A maioria que está lendo, tenho certeza de que já conhece, mas se você ainda não foi apresentado a essa nova “moda”, leia o texto desse link  e tome conhecimento.
Alguns vão dizer que é besteira, que é uma coisa passageira, que as crianças nem sabem o que significa, mas eu não gostaria de ver meus filhos usando esse tipo de coisa!
Eu fico pensando até onde vai a criatividade doentia de certas pessoas em criar um negócio tão descabido e tão mundano para ser difundido entre crianças e adolescentes!
Será que algum dia vão voltar a valorizar e disseminar o que realmente importa e deixar de lado tantas baboseiras que  não agregam nada aos nossos filhos??
Fica aí a pergunta ...eu espero que sim!! Do jeito que está, não pode continuar...

2 comentários:

Anônimo disse...

Carla,
Está perfeito e corajoso teu posicionamento!
Parabéns e continue ...

beijos,
Carmen

Renata Gasparetto disse...

Olá, Carla.

Gostei muito do seu texto, principalmente quando diz "até onde vai a criatividade doentia de certas pessoas em criar um negócio tão descabido e tão mundano". Concordo plenamente, mas essas pulseirinhas existem há mais de 10 anos... Quando eu tinha meus 11 ou 12 anos elas já existiam, porém não possuíam a mesma conotação - eram apenas pulseiras coloridas de silicone, moda entre as meninas. Lembro-me que ganhei uma de um paquerinha que tinha seu nome gravado em uma chapinha de metal. Fico triste com o rumo que as coisas tomaram com a juventude de hoje - não muito distante da minha, pois tenho apenas 23 anos.

Abraços!