quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

É Natal de novo...



Gostaria de desejar a todos um Natal maravilhoso e um Ano Novo excelente, cheio de amor, saúde, paz, conquistas, realizações e tudo o que você desejar!
Apoveite essa época para curtir sua família...seus pais, seus filhos e todos a quem você ama!!

Celebre o amor e a fraternidade!
Salve 2010!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Pulseiras do amor



Você já ouviu falar da mais nova besteira trazida do exterior para atazanar o nosso sossego, digo, dos pais? Essa tal de pulseira do amor ou do sexo, como está sendo chamada, já invadiu as escolas e até as pré-escolas! Muitas crianças pequenas estão usando e achando lindo!! É uma simples pulseirinha de silicone, mas que carrega uma enorme conotação sexual. Eu não vou repetir a explicação de tamanha insanidade. Sinceramente, me recuso. A maioria que está lendo, tenho certeza de que já conhece, mas se você ainda não foi apresentado a essa nova “moda”, leia o texto desse link  e tome conhecimento.
Alguns vão dizer que é besteira, que é uma coisa passageira, que as crianças nem sabem o que significa, mas eu não gostaria de ver meus filhos usando esse tipo de coisa!
Eu fico pensando até onde vai a criatividade doentia de certas pessoas em criar um negócio tão descabido e tão mundano para ser difundido entre crianças e adolescentes!
Será que algum dia vão voltar a valorizar e disseminar o que realmente importa e deixar de lado tantas baboseiras que  não agregam nada aos nossos filhos??
Fica aí a pergunta ...eu espero que sim!! Do jeito que está, não pode continuar...

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Publicidade Infantil NÃO!




Leia com atenção o texto do link abaixo e assista o vídeo " Criança, a alma do negócio" (você não vai se arrepender de perder 10 minutinhos). Se você ficar indignado como eu, assine o manifesto e repasse para o maior número de pessoas que você conhecer!!
Essa campanha está sendo apoiada por mais de setenta Instituições sérias, dentre elas podemos destacar o Instituto Alana, o IDEC, Instituto Paulo Freire, Criança Segura Safe Kids Basil e muito mais...


Vamos dar um basta nisso!!

Ahh, não se esqueça de deixar um comentário a respeito do que você achou desse manifesto.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Família feliz!!!

Olha o que eu achei navegando por aí. Adorei...
Para fazer um igual, é só clicar no link que aparece embaixo da foto!!


Stick Figure Family at FreeFlashToys.com
Make your Stick Figure Family at FreeFlashToys.com

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Como pedir pizza em 2015.

Vale a pena ler...

Telefonista: Pizza Hot, boa noite!
Cliente: Boa noite! Quero encomendar pizzas...
Telefonista: Pode me dar o seu NIDN?
Cliente: Sim, o meu número de identificação nacional é 6102-1993-8456-54632107.
Telefonista: Obrigada, Sr.Lacerda. Seu endereço é Avenida Paes de Barros, 1988 ap. 5 B, e o número de seu telefone é 5494-2366, certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Seguros é o 5745-2302 e o seu celular é 9266-2566.
Cliente: Como você conseguiu essas informações todas?
Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.
Cliente: Ah, sim, é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas, uma de quatro queijos e outra de calabresa...
Telefonista: Talvez não seja uma boa ideia...
Cliente: O quê?
Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Senhor sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde.
Cliente: É você tem razão! O que você sugere?
Telefonista: Por que o Senhor não experimenta a nossa pizza Superlight, com tofu e rabanetes? O Senhor vai adorar!
Cliente: Como é que você sabe que vou adorar?
Telefonista: O Senhor consultou o site 'Recettes Gourmandes au Soja' da Biblioteca Municipal,dia 15 de janeiro, às 4h27minh, onde permaneceu conectado à rede durante 39 minutos.
Daí a minha sugestão...
Cliente: OK está bem! Mande-me duas pizzas tamanho família!
Telefonista: É a escolha certa para o Senhor, sua esposa e seus 4 filhos, pode ter certeza.
Cliente: Quanto é?
Telefonista: São R$ 79,99.
Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito?
Telefonista: Lamento, mas o Senhor vai ter que pagar em dinheiro. O limite do seu
cartão de crédito já foi ultrapassado.
Cliente: Tudo bem, eu posso ir ao Multibanco sacar dinheiro antes que chegue a pizza.
Telefonista: Duvido que consiga! O Senhor está com o saldo negativo no banco.
Cliente: Mas o que é isso ?!!!! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro. Quando é que entregam?
Telefonista: Estamos um pouco atrasados, serão entregues em 45 minutos. Se o Senhor estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar duas pizzas na moto não é aconselhável, além de ser perigoso...
Cliente: Mas que história é essa, quem foi que disse que eu vou de moto?
Telefonista: Peço desculpas, mas reparei aqui que o Sr. não pagou as últimas prestações
do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga, e então pensei que fosse utilizá-la...
Cliente: @#%/§@&?#>§/%#!!!!!!!!!!!!!
Telefonista: Gostaria de pedir ao Senhor para não me insultar... Não se esqueça de que o Senhor já foi condenado em julho de 2006 por desacato em público a um Agente Regional. O senhor não é mais réu primário ...
Cliente: (Silêncio)
Telefonista: Mais alguma coisa?
Cliente: Não, é só isso... Não, espere... Não se esqueça dos 2 litros de Coca-Cola que constam na promoção.
Telefonista: Senhor, o regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 3095423/12, nos proíbe de vender bebidas com açúcar a pessoas diabéticas...
Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!!
Vou me atirar pela janela!!!!!
Telefonista: Grande coisa! Aqui diz que o senhor mora num apartamento térreo !

Luiz Fernando Veríssimo

Se não fosse trágico, seria até engraçado! Já pensaram nisso...seremos vigiados e controlados por todos os lados! Coitados dos nossos filhos...

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Corrente do bem.

Aposto que vocês já ouviram falar disso! É uma ideia antiga, que nos últimos anos vem sendo difundida com mais intensidade. Parte do princípio de que quem recebe uma boa ação, passa ela adiante. Como se fosse uma corrente mesmo. Para deixar mais claro, amor com amor se paga.
Eu, pessoalmente, acredito muuuuito nisso! Um gesto, uma boa ação é capaz de cativar muitas pessoas e fazer com que elas retribuam, não só às pessoas que lhe fizeram o bem, mas também a outras !!! Já pensaram nisso, todos distribuindo o bem ao invés do mal, como vemos todos os dias. Nossa, seria uma maravilha, algo impensável nos dias de hoje onde só vemos barbaridades...
Aqui em casa, achamos uma forma de contribuir para essa corrente. Quando cada um de nossos filhos fez um aninho, resolvemos fazer uma grande festa. Ao invés de esperarmos os tradicionais presentes, sugerimos aos convidados que trouxessem como presente, alimentos ou gêneros de primeira necessidade (sabonete, papel higiênico, etc...). Foi ótimo, todo mundo apoiou e contribuiu bastante. Ficamos surpresos com a generosidade de todos! Somando as três festas, arrecadamos mais de 3.000kg de alimentos que entregamos para creches Vicentinas e um asilo de velhinhos!!!
Não pensem que ideia foi nossa! Nos fomos apenas um elo nessa corrente, pois copiamos do meu tio, que copiou de outra pessoa... depois da nossa festa, outros amigos nossos fizeram o mesmo.
Nossos filhos na época não entenderam nada, apesar de terem se divertido muito. Hoje, quando eles olham as fotos, ficam contentes e satisfeitos por terem ajudado. Tão pequenos e já se tornaram solidários com o próximo. Essa lição, tenho certeza, nunca mais vão esquecer...

Pedro deitado no feijão com carinha de sapeca...


Olha o Artur brincando com o molho de tomate!!


A Emília está séria...o que será que está acontecendo?? Vou virar almoço??


Esse é o Lucas, que amou a ideia e seguiu com a corrente. Que fofo!!


Agora, quem disse que só as crianças podem fazer isso. Olha a dona Helena, Chefe de Escoteiros a mais de 40 anos. Comemorou seus 80 anos em grande estilo. Sugeriu também ganhar alimentos!!
 Como diriam os Escoteiros: "SEMPRE ALERTA!" e os Lobinhos: "MELHOR POSSÍVEL!"


Gostou da ideia...passe adiante!
Bastar clicar no envelope que aparece em baixo da postagem e digitar o email da pessoa com quem você quer compartilhar. 

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Um basta no comodismo.

Hoje, como faço todas as semanas, fui ao supermercado. Peguei várias coisas que precisava, e um monte de outras que “não” me faziam falta alguma!! Deixa pra lá...
Cheguei no caixa e ele começou a passar meus produtos. Mais que depressa, sem perguntar nada, o empacotador pegou várias sacolinhas e começou a colocar as minhas compras. Pedi a ele, gentilmente, que não usasse sacolinhas plásticas, que colocasse tudo nas caixas de papelão que o supermercado disponibilizava e que os legumes e frutas fossem colocados na sacola retornável que dei para ele. O que aconteceu?? A mesma coisa de sempre. O empacotador olhou para mim, como quem diz... ”para que essa frescura?”!!
Toda a vez é a mesma estória. Eu fico pasma de ver como as pessoas não se importam com o que está acontecendo ao redor delas. O efeito estufa e tantas outras coisas que escutamos não são brincadeirinhas inventadas por um “chato” qualquer. São acontecimentos que fazem parte do nosso cotidiano e vão afetar, profundamente, as próximas gerações. E porque as pessoas não se importam? Porque não estarão lá? Será que é isso?
Não acredito que seja ignorância, pois não se fala em outra coisa nos jornais e revistas. Acho que é puro comodismo. As pessoas pensam: “Porque vou me preocupar com isso se os outros não fazem nada?” Aí é que está o problema. Um empurra para o outro e nada é feito. Poucas são as pessoas que tem essa consciência de fazer o que é certo, independente de os outros fazerem ou não.
Temos que reverter essa situação. O futuro passa pelas mãos de todos...
Nós enquanto cidadãos, eu aqui falo em especial para as mamães, temos que dar o exemplo. Chega de comodismo! Não custa nada, é só uma questão de incorporar um hábito novo, o de ter sempre em mãos uma sacola retornável ou de utilizar-se de embalagens de papel ou papelão. Tem muitos supermercados que, mesmo timidamente, já estão espalhando essa ideia. Vamos lá!!! Todos colaborando, dando exemplo, as coisas podem mudar.





segunda-feira, 9 de novembro de 2009

A idade e a mudança.

Autor desconhecido.

Mês passado participei de um evento sobre o Dia da Mulher.
Era um bate-papo com uma platéia composta de umas 250 mulheres de todas as raças, credos e idades.
E por falar em idade, lá pelas tantas, fui questionada sobre a minha e, como não me envergonho dela, respondi.
Foi um momento inesquecível...
A platéia inteira fez um 'oooohh' de descrédito.
Aí fiquei pensando: 'pô, estou neste auditório há quase uma hora exibindo minha inteligência, e a única coisa que provocou uma reação calorosa da mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade que tenho? Onde é que nós estamos?'
Onde não sei, mas estamos correndo atrás de algo caquético chamado 'juventude eterna'. Estão todos em busca da reversão do tempo.
Acho ótimo, porque decrepitude também não é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas não dão conta desse assunto sozinhas.
Há um outro truque que faz com que continuemos a ser chamadas de senhoritas mesmo em idade avançada.
A fonte da juventude chama-se "mudança".
De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora.
A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.
Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos.
Mudança, o que vem a ser tal coisa?
Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a vida toda para um bem menorzinho.
Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.
Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos.
Rejuvenesceu.
Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol.
Rejuvenesceu.
Toda mudança cobra um alto preço emocional.
Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza.
Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.
Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna.
Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho.
Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar.

Olhe-se no espelho...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Dia Nacional do Livro.

Olha que bacana...



Hoje, estamos vivendo na era da informática, nos perguntamos: qual será o futuro do livro na era digital? Alguns respondem que as publicações da forma como as conhecemos irão acabar, outros dizem que não, que tanto as edições impressas quanto as eletrônicas vão viver lado a lado, sendo apenas uma questão de escolha do leitor.
Bom, de qualquer forma, o importante é continuarmos a incentivar o hábito da leitura em nossas crianças, seja através do velho livro impresso ou dos moderníssimos “ebooks”.

Fonte:

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Eu amo Photoshop!

Olá meninas! Não sei vocês, mas eu adora ficar "fuçando" no Photoshop. Vivo fazendo coisinhas para meus filhos, sobrinhos, filhos de amigos. É muito divertido e ótimo para passar o tempo, além de economizar um dinheiro, pois quando você mesmo cria a arte, a impressão de convites ou lembrancinhas fica muito mais barata. Se você se empolgar, dá até para se profissionalizar e ganhar um bom dinheiro...
Bom, numa dessas investidas pelos blogs da vida, procurando ideias para montar uma lembancinha, dei de cara com um blog  super interessante com mil dicas e tutoriais super bacanas para o Photoshop. É o Dicas de Informática. O idealizador desse blog se chama Marco Antonio e quando tive uma dúvida, ele me atendeu prontamente. Vale a pena visitar !!! Ele tem muitas máscaras ( imagens onde você pode inserir a foto que quiser para compor um tema). Com uma delas fiz esse calendário da minha filhota para o ano de 2010. Agora é só imprimir...


sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Um Lar feliz.

Senhor Jesus, Tu viveste em uma família feliz.
Faze desta casa uma morada de tua presença, um lar quente e afortunado.
Venha a tranqüilidade para todos os seus membros, a serenidade para nossos nervos, o controle para nossas línguas, a saúde para nossos corpos.
Que os filhos sejam e se sintam amados e se afastem deles para sempre a ingratidão e o egoísmo.
Inunda, Senhor, o coração dos pais de paciência e de compreensão, e de uma generosidade sem limites.
Estende, Senhor Deus, um toldo de amor para abrigar e refrescar, aquecer e amadurecer a todos os filhos desta casa.
Dá-nos o pão de cada dia, e afasta de nossa casa o afã de exibir, de brilhar e de aparecer; livra-nos das vaidades mundanas e de todas as coisas que nos roubem a paz.
Que a alegria brilhe nos olhos, a confianças abra todas as portas, a sorte resplandeça como um sol; seja a paz a rainha deste lar e a unidade, seu sólido vigamento.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

A mudança está em nossas mãos...

Todo mundo está careca de saber que o mundo precisa reduzir o consumo de materiais que não são biodegradáveis, como o plástico, por exemplo. Só que na prática, poucas são as pessoas que, realmente, estão interessadas em fazer algo para mudar essa situação.
O problema existe de verdade, não há como negar. Precisamos disseminar uma nova cultura de consumo consciente para o bem das próximas gerações, para o bem de nossos próprios filhos. PENSE NISSO! A MUDANÇAS ESTÁ EM NOSSAS MÃOS...

Assistam esse vídeo com atenção. Demora um pouquinho, mas é bem interessante e nos trás dicas simples  e fáceis de seguir no dia a dia.






A salvação do planeta passa por nossas mãos!

Programa 4R's:

Reduzir, Reutilizar, Restaurar e Reciclar.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Saco é um saco.


Ser professor é...

Ser professor é professar a fé e a certeza de
que tudo terá valido a pena se o aluno sentir-se feliz
pelo que aprendeu com você e pelo que ele lhe ensinou...

Ser professor é consumir horas e horas pensando
em cada detalhe daquela aula que, mesmo ocorrendo
todos os dias, a cada dia é única e original...

Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e,
diante da reação da turma, transformar o cansaço
numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender...

Ser professor é importar-se com o outro numa
dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que
necessita de atenção, amor e cuidado.

Ser professor é ter a capacidade de "sair de cena,
sem sair do espetáculo".

Ser professor é apontar caminhos, mas deixar que
o aluno caminhe com seus próprios pés...


Autor: (Desconhecido)
Fonte: (Belas mensagens)

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Ser mãe não é fácil.

Se você é mãe, se você recebeu esse dom divino que é poder gerar, ou poder criar um filho, mas está cansada com a rotina pesada, desgastante do dia a dia, relaxe. Procure aproveitar todas as fases da melhor maneira, pois tudo passa muito rápido... a amamentação, o primeiro suco, a primeira papinha, os primeiros passos, as primeiras palavras...tudo passa rápido, na verdade, voa. Curta todas essas etapas sem pressa. Sinta-se agradecida e valorize-se por poder estar presente nesse momento da vida de seus pequenos.
Na hora que o cansaço bater, procure distrair-se. Leia um bom livro, ligue para uma amiga, afinal, conversar sempre ajuda. Vá brincar, escutar as risadinhas de seu filho, vai rolar no tapete com ele, faça uma oração, sei lá!! Dê o seu jeito, mas nunca deixe-se levar pelo desânimo, não se entregue só aos programas( inúteis) da tarde ou a comilança(para as mães que ficam em casa) como uma forma de fuga, nem reze para que tudo passe logo. Você vai ter saudades...
Tenha pensamentos e atitudes positivas, pois só quem passa pela maternidade sabe que ela é a coisa mais maravilhosa que pode acontecer a uma mulher, mas por outro lado, nos leva ao limite de nossas forças. Ser mãe significa sermos testadas e cobradas diariamente, tanto por nossos filhos, pelos outros como por nós mesmas!
Força queridas, pois a nossa missão é a mais sublime de todas! Viva todas as mamães! Viva a nossa Mãe do céu!








terça-feira, 6 de outubro de 2009

Barbárie à vista?

Tomei conhecimento desse texto, a partir de um curso que fiz sobre educação no SENAI/SP. Infelizmente é o que estamos vivendo hoje em dia. Leiam com atenção:

Barbárie à vista?

Anna Veronica Mautner é psicanalista, membro da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e colunista da FOLHA DE SÃO PAULO

Os pais, como todos os adultos, são sim responsáveis pelas violências perpetradas pelos jovens, que ocorrem cada vez com maior frequência.
Somos todos culpados ou pelo menos temos a ver com o que está ocorrendo. Deixamo-nos influenciar, sem reagir, pelos efeitos da difusão de uma psicanálise fora do contexto.

Se não estivéssemos imbuídos da ideia de que a origem do erro está lá atrás, na infância, como culpar pais, monitores, babás só por terem acreditado na falácia de que dor, desconforto, vergonha, humilhação etc. são sempre letais ao ego em formação e por isso devem ser evitados a qualquer preço?


O lema é: ninguém deve se ressentir de nada, muito menos seres em formação devem ser magoados. A consequência dessa ideologia de tortas raízes vai, passo a passo, gerando seres incapazes de empatia, incapazes de reconhecer o outro como seu semelhante.

Pouco familiarizados com dores, vão infligi-las, sem saber o quanto vai doer. Quero dizer que é preciso sentir que a vergonha, por exemplo, que me machuca, machuca ao outro também. Assim, se eu quiser, até posso humilhar alguém. Mas pelo menos sei o que estou fazendo. E posso calcular a intensidade que eu quero. Quando superpreservamos crianças e jovens de todo medo, de toda frustação, se qualquer fracasso, da humilhação e da vergonha, estamos impedindo que aprendam o quanto dói uma saudade, um fora, uma pancada.

Quando diante de alguém diferente, um outro, desconhecido, de outra galera, ignoramos o que eles tem de semelhante a nós, a agressividade e a violência encontram um campo fértil para aparecer. É aí, onde as pessoas se estranham, que aparecem vigorosos os maus colegas, o mau patrão, o mau chefe eo violento em geral.

Quando alguém se sente ameaçado, reage. É natural. O que surpreende é a discrepância entre estímulo e resposta. E mesmo que ele estranhe algumas coisas nesse outro, existem entre dois seres humanos mais semelhanças do que diferenças. A violência desabrocha onde as pessoas se estranham. Quando estranhamos, pomo-nos a espernear, a bater, para eliminar o ameaçador. A violência é sempre uma resposta ao medo do desconhecido.

Quando se transforma em brincadeira, leviandade, estamos diante de uma patologia. Juntando que as novas gerações foram preservadas da maioria dos desconfortos naturais da vida, é natural que tenham muito mais medo de tudo o que é estranho, já que conhecem muito menos do que seria desejável.

Quem estranha muito tem muito medo e perde fácil a estribeira. Estamos a um passo da violência. Barbárie à vista?

domingo, 4 de outubro de 2009

Comentários.

Para quem não estava conseguindo fazer os comentários, e estava me perguntando o porquê, já tenho uma resposta...
Quando me aventurei a criar esse blog, eu não fazia a mínima ideia de como fazê-lo. Tudo que vocês estão vendo, eu fui descobrindo, fuçando e pegando tutorias de pessoas muito bacanas que se dispõem ajudar novos "blogueiros". A minha primeira postagem aceitou os comentários. Daí, devo, sem querer, ter alterado alguma configuração no padrão, o que impossibilitou vocês de comentarem essas últimas. Agora, daqui para frente, acredito ter reconfigurado direitinho e quem quiser, poderá deixar sua mensagem!!! Para isso, é só clicar em "COMENTÁRIOS".
Lembrando que um blog vive disso. Vive da interação das pessoas que o lêem com a(s) que escreve(m)! Portanto pessoal, não se acanhem em escrever... a mamãe caprichosa vai adorar!! rsrs

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

terça-feira, 29 de setembro de 2009

O outro lado da medalha...

Não tem jeito mesmo!!! Tudo nessa vida tem o lado bom e o lado , diríamos assim, não tão legal. Eu ainda estava descobrindo, curtindo as coisas boas que o Orkut pode propiciar , quando fiquei sabendo, através de uma colega, de inúmeros “barracos” que já ocorrem por causa dele. Afinal, nenhum namorado (a), marido ou esposa quer que relacionamentos do passado voltem a assombrar suas vidas presentes. Ninguém merece, né?!!!!
Nem tudo são flores... contra esse tipo de problema, acho que o que vale é uma conduta honesta com o parceiro, no mais, viva o Orkut!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Orkut faz bem a alma!!

Para ser sincera, sempre pensei que “esse negócio de Orkut” era para a moçada mais nova, que já nasceu plugado na internet. Nunca havia me passado a ideia de ingressar nessa rede de relacionamento, porém, essa semana, graças a ele, tive a felicidade de reencontrar várias pessoas muito bacanas que eu não via há muito tempo. Uma em especial, minha amiga dos tempos de faculdade, Eliane!! Fique tão feliz ao reencontrá-la que não tenho palavras para descrever tal emoção.

Na mesma hora, tive vontade de recuperar o tempo que perdemos ao nos afastarmos. Tantas coisas vividas por nós, sem que pudéssemos compartilhá-las uma com a outra. Acredito que ela tenha sentido algo parecido... convivemos por tantos anos juntas e depois, cada uma tomou seu caminho e nunca mais nós vimos!! Descobri que estamos levando uma vida bem parecida, de dedicação aos nossos filhos e a família. E, não vejo a hora de nos encontrarmos e apresentar nossos pequenos. Não vejo a hora de dar um abraço e um beijo bem gostoso nessa amiga que sempre me ajudou muito nos tempos duros de faculdade....

Bom, se antes eu tinha algum preconceito com essa rede social, hoje sou grata a ela por ter me reaproximado da Eli e de tantas outras pessoas que eu ainda vou reencontrar!!!
Com certeza, o Orkut me fez mais feliz.... me fez bem a alma!!

Em tempo, para quem não sabe:

O Orkut é um site que funciona como uma rede virtual de relacionamentos. Essa é uma moda bem recente na internet. Tudo começou no inicio do ano de 2004, quando um funcionário do Google, o programador Orkut Buyukkokten, pôs no ar um protótipo do site. A onda se propagou rápido se formando uma grande teia, normalmente formada por pessoas que se conheceram fora da internet. Os brasileiros curtiram a novidade, e já no mês de junho de 2004, tornara-se já o segundo lugar no ranking mundial, com 25,9% dos usuários, ficando atrás somente dos Estados Unidos com 33,2%, e bem a frente do terceiro colocado a Índia com 3,9%.

Fonte : http://www.mundoestranho.com.br/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ler devia ser proibido...


“Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história.”
Bill Gates

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Filhos x Planeta

Outro dia recebi um e-mail que me deixou bastante pensativa. Não me recordo do autor ou da frase exata, mas era mais ou menos isso...

“Muitas pessoas estão preocupadas com o mundo que deixarão para seus filhos, mas nem todas se preocupam com os filhos que deixarão para o mundo.”

*10 dicas para deixar um mundo melhor para seus filhos:

1-Reciclar o lixo, mesmo sabendo que nem todos o fazem;
2- Dar o devido destino a materiais como pilhas, baterias de celular, lâmpadas;
3- Ajudar a combater o desperdício em todos os sentidos;
4- Preservar os recursos naturais, como água, energia elétrica, árvores, etc;
5- Na medida do possível, utilizar materiais já reciclados;
6 - Reduzir o uso do saquinho plástico, voltando a usar a velha sacola de tecido;
7- Lembrar que os recursos naturais são finitos;
8- Reduzir o consumo de embalagens descartáveis;
9- Reaproveitar os materiais com criatividade;
10- Consumir produtos de empresas que pelo menos mostrem preocupação com o meio ambiente.

*10 dicas para deixar melhores filhos para o mundo:

1-Ensiná-los a respeitar os mais velhos, quer sejam, os pais, avôs, professores, ou outros;
2- Reforçar o conceito de família;
3- Ensinar que todos nós somos iguais, independente de raça, cor, credo, sexo;
4- Mostrar o valor do conhecimento, do saber.
5- Expressar algum credo, seja ele qual for;
6- Mostrar que a vida não é só “curtição”. Todos temos nossas obrigações (estudo, trabalho);
7- Ensinar como ser solidário com os que precisam de ajuda;
8-Lembrar certos valores que estão meio fora de moda, como, humildade, perseverança, amor, caridade,honestidade, lealdade, ética....
9- Ajudá-los a se tornarem consumidores (não consumistas) responsáveis;
10- Ensiná-los a pensar não só no interesse individual, mas também no coletivo.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Em tempos de gripe H1N1- Alimentação saudável

Meu Deus, não aguento mais escutar falar nessa história de gripe suína( H1N1). São tantos conselhos, recomendações: não leve ao shopping, não mande para escola, não deixe abraçar ou beijar....sei lá mais o que!!!!
Gente, isso virou a maior paranóia. Primeiro que só se fala nessa gripe, porém, pensem comigo, existem muitas outras doenças perigosas que estão sempre a espreitar nossos filhos.

Lógico que temos que escutar os especialistas, seguir certas recomendações, caprichar ( ainda mais) na higiene, porém, acho que o melhor que nós mamães podemos fazer, é dar uma caprichada no cardápio dos pequenos. Tentar convencer àqueles mais resistentes que essa é a hora de começar a se alimentar melhor, a fim de não pegar a tal gripe do porquinho ou outra "praga" qualquer!!!!

É difícil? Talvez, mas não impossível.
Segue abaixo um link falando a respeito de alimentação para nossos pequenos.
Achei bem interessante....

http://www.clicfilhos.com.br/site/display_materia.jsp?titulo=Alimenta%E7%E3o+saud%E1vel

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Apresentação

Bom, espero que este Blog seja compartilhado por todas as mães, que como eu, adoram a maternidade em si. Adoram todos os desafios, alegrias, angústias, dúvidas que ela representa na vida de uma mulher.
Ser mãe é algo maravilhoso, é uma dádiva divina, porém é algo extremamente complexo, que envolve muitas variáveis. Experiências de infância, ideais, sonhos, tipo de criação, etc....
Sem contar que cada filho chega até nós com sua própria personalidade, sua pópria identidade. O máximo que fazemos é ir aparando arestas, corrigindo rotas. Parece simples, né?! Não é não! Ser mãe é algo difícil, porém, sublime...... o velho ditado é que está certo: " Ser mãe é padecer no paraíso".
Um abraço à todas e até a próxima